Login Pais/Alunos

Ex-alunos: Julio Sena

Depoimentos 
Julio-Sena-03

Julio Sena, ex-aluno do Externato Horto Florestal , na sede do YouTube em São Paulo, onde participou do curso YouTube Spaces e de consultoria com estrategista da empresa, para aprender as melhores práticas de YouTube e como utilizar a ferramenta da maneira mais eficaz.

 

O Julio tem inúmeras qualidades, mas uma que se destaca logo de cara é que ele é um grande comunicador. Tanto que preferimos deixar o Julio falar por si, um relato detalhado e completo de um produtor de conteúdo nato:

“Atualmente me considero um ‘embalador de conteúdo’. Parece estranho em um primeiro momento, mas eu explico. Meu trabalho consiste em agregar conteúdos em plataformas diferentes, que vão desde o rádio e a TV, passando pelo cinema e agora chegando nas plataformas digitais, como YouTube, Soundcloud, Instagram e Facebook. Mas essa carreira não começou assim.

Eu sempre tive um foco muito grande na área artística e acreditei que unir essa habilidade com meu gosto pessoal por games seria o caminho ideal. Por isso, minha primeira escolha de faculdade foi Design de Games, na Universidade Anhembi Morumbi. Essa história durou 1 ano, período em que conheci um mundo novo na programação de computadores e decidi migrar para o estudo da Ciência da Computação, na Universidade Presbiteriana Mackenzie (coincidentemente, esse foi um dos cursos que eu e meu grupo apresentamos no 3º ano da escola, quando falamos sobre profissões!).

Nessa época fui contratado para trabalhar na empresa Electronic Arts, na área de jogos para celular. Esse era o sonho de 9 entre 10 estudantes de games, já que a EA era, e ainda é hoje, a maior empresa de jogos do mundo. Foram 2 anos e meio de trabalho, onde aprendi sobre gestão de projetos, análise de qualidade e como buscar soluções quando um problema surge.

Tudo parecia perfeito. Mas não era. Mesmo estudando em uma boa faculdade, trabalhando na empresa dos sonhos e tendo um futuro promissor pela frente (pelo menos aos olhos da sociedade), eu não estava satisfeito. Foi então que eu tomei uma das decisões mais difíceis da minha vida: pedi demissão.

Junto a isso, transferi meu curso para Sistemas de Informação, que ainda era da área de computação, mas com um viés mais de gestão do que programação em si. Aos 22 anos entrei em um período sabático.

Essa época foi de grande importância para me conhecer, testar profissões diferentes, pesquisar mais sobre o que eu realmente gostaria de fazer. Graças a Deus tive apoio dos meus pais, e também tive que buscar coragem em cada momento desses para explicar a eles minhas decisões. Trabalhei com produção musical, desenvolvimento de sites, criação de arte, até que me descobri gravando e editando vídeo de maneira, até então, amadora. Foi aí que minha vida virou do avesso!

Eu passava horas ininterruptas na frente do computador fazendo edição de vídeos, buscando mais conhecimentos e testando coisas novas. Aquilo realmente fazia meu coração bater mais forte. Era como se depois de uma grande tormenta, eu finalmente tivesse encontrado um mar calmo, onde eu podia respirar aliviado e curtir a paisagem.

Depois de quase 3 anos de trabalho na EA, tendo como último cargo a função de Engenheiro de Software e ganhando muito bem pra minha idade, em setembro de 2012 fui contratado pela TV Mundo Maior para ser… estagiário de edição!

Essa foi a maior lição de humildade que eu tive na vida. Voltei do começo, ganhando muito menos e tendo que aprender praticamente tudo. Foi absolutamente incrível essa experiência. E claro que a faculdade de Sistemas de Informação não fazia mais sentido pra mim. Então resolvi trancar de vez e buscar novos ares.

Julio-Sena-02

Três meses depois fui contratado como Coordenador de Edição e Marketing (como eu fui parar no Marketing, não sei dizer!). Dois anos depois passei a Diretor de Programas e, na sequência, fui promovido a Diretor de Produção. Essa última função me trouxe a responsabilidade de gerenciar 5 equipes diferentes na TV: Produção, Pós-Produção, Cenografia, Redação e Técnica. Nem preciso dizer o quanto aprendi e cresci com essa experiência! Eram 20 pessoas com pensamentos completamente diferentes, que precisavam convergir para um mesmo objetivo. Baita desafio!

Nesse meio tempo fiz cursos livres na área de cinema e me formei como Técnico em Produção de TV. Tive a incrível oportunidade de trabalhar em dois filmes que entraram em cartaz nos cinemas: Causa e Efeito (2014), como Editor e Colorista, e Nos Passos do Mestre (2016), como Colorista, Fotógrafo, Coordenador de Marketing e elenco (minha barba tinha que servir pra alguma coisa!).

Até que no final de 2016, a TV Mundo Maior passou também a gerenciar a Rádio Boa Nova, ambas de Guarulhos. Sendo assim, meu trabalho se estendeu para as equipes de Produção e Jornalismo da Rádio. Mais gente, mais desafios, mais aprendizados!

O conhecimento que eu adquiri nesses 5 anos de TV foram a base para iniciar meu negócio próprio na área de produção audiovisual, em 2013. Já produzi, gravei e editei vídeos para mais de 15 canais de YouTube, alguns com mais de 100 mil inscritos. De palestrantes motivacionais e coaches, a médicos, farmacêuticos e professores. Tive a oportunidade de fazer cursos e ter uma consultoria exclusiva com o próprio YouTube, além de participar de treinamentos no YouTube Spaces, em São Paulo.

Toda essa trajetória de trabalho com equipes e pessoas me despertou uma outra paixão: ajudar as pessoas. Desde criança sempre gostei de aprender e ensinar. Como bom ouvinte, auxiliei muitas pessoas escutando suas dificuldades e orientando de alguma forma ou ajudando a pessoa a encontrar a solução por si própria.

Foi isso que me fez passar por 2 processos de Coaching, um com foco em liderança e outro com foco em empreendedorismo. Hoje sou formado em Coaching e PNL, e atuo em grupos ou individualmente ajudando pessoas e empresas a alcançarem seus objetivos, desbloquearem suas crenças limitantes e desenvolverem seu potencial maior.

É por isso que hoje me considero um ‘embalador de conteúdos’! Meu trabalho é embalar conteúdos em formato de vídeos, de palestras, de sessões de Coaching e de bate-papos informais. E olha quem nem citei os trabalhos voluntários, isso fica pra uma próxima oportunidade!

Hoje estudo Gestão de Processos Gerenciais, na Fundação Getúlio Vargas. Sinto que estou mais maduro e preparado para escolher o que estudar, onde trabalhar e como contribuir para o mundo.

Tenho 27 anos e muita energia pra conhecer mais sobre a vida, as pessoas e como podemos ser melhores do que somos atualmente. O céu (não) é o limite!

Durante os 12 anos em que estive no Externato aprendi lições que me marcaram para sempre. Professores que me passaram mais do que conteúdo de prova. Eles me ensinaram sobre respeito, sobre dedicação e principalmente sobre a importância de buscar algo a mais, além dos livros.

 

Julio-Sena-04

(Arquivo pessoal)

O Externato sempre foi uma segunda casa pra mim, como uma família. E isso com certeza se deu pelo amor e carinho que a coordenação e direção sempre ofereceram aos alunos. O acolhimento que eu recebi desde o primeiro dia de aula até o dia da formatura foram um exemplo de que todo mundo merece respeito. Independente da posição hierárquica, todo mundo merece ser visto como um ser humano. E eu me sentia assim na escola.

Foi isso que eu aprendi no Horto. Somos seres humanos, indivíduos únicos, muito mais do que os números na lista de chamada. Somos o futuro sendo preparado no presente. Somos a continuação do que nossos pais e professores fizeram e fazem pelo mundo.

 

Julio-Sena-01

(Arquivo pessoal)

E para as novas gerações de alunos, fica aqui uma reflexão: Você não é o seu diploma. Você não é a sua profissão. Isso é o que você conquistou em algum momento da vida. E sim, isso é importante. Mas você é muito mais do que isso.

Eu acredito que cada pessoa que está hoje na Terra tem um propósito. E se você ainda não sabe qual é o seu, algumas perguntas podem te ajudar a descobrir: Do que você gosta? Quais são as suas principais habilidades? O que te faz feliz? O que você faria até de graça?

E principalmente, como você quer ajudar as pessoas no mundo?

Quando você descobre sua utilidade no mundo, os diplomas e cargos passam a ser o meio pelo qual você vai cumprir sua missão. E vai ser nessa hora que você vai encontrar o sentido de estudar cada vez mais, aprimorar suas habilidades e oferecê-las ao mundo. Vai dar um frio na barriga. Surgirão obstáculos. Não será fácil.

Mas quando você estiver atuando com aquilo que verdadeiramente conecta e faz pulsar o seu coração, eu te garanto… vai valer cada gota de lágrima e suor!”

Parabéns, Julio. Você sentiu na pele o quão complexo é se conhecer e encontrar um propósito de vida. Mas você teve a persistência e força para cruzar vários caminhos, coragem de se perder para se encontrar! Todos podemos ser muitas coisas, somos premiados com múltiplas possibilidades e cabe a nós enfrentar esta luta individual em busca da nossa verdade.


Leia o post anterior:
Ex-alunos: Andreza Molina

“O Externato Horto Florestal foi a melhor escola que estudei, entrei na então 2ª série e já havia passado por...

Fechar